FOGUETES MARAVILHA APRESENTA CONFERÊNCIA SOBRE APOCALIPSE ZUMBI NO FIT

O mais novo espetáculo do premiado grupo carioca Foguetes Maravilha, Mortos-Vivos: Uma Ex-Conferência, é uma das atrações da programação do Festival Internacional de São José do Rio Preto desta quarta-feira (11/7). Recomendada para maiores de 12 anos, a peça será encenada às 21h30, no Teatro Municipal Paulo Moura. Os ingressos estão à venda no site do festival (www.fitriopreto.com.br) e na bilheteria do Sesc Rio Preto e demais bilheterias da rede Sesc SP. Nesta quarta, o público também poderá conferir outros três espetáculos, um deles com entrada gratuita e outro grátis para crianças até 12 anos.
Mortos-Vivos: Uma Ex-Conferência explora com humor a imagem dos zumbis – seres que exercem tanto fascínio nos tempos atuais -, para refletir sobre questões como xenofobia, fascismo, preconceito, tortura, a banalidade do mal, a atração pela violência. O apocalipse zumbi já aconteceu. O caos se espalha, e quatro especialistas analisam a crise que transformou o mundo e instruem os espectadores sobre as melhores estratégias de sobrevivência. A peça é escrita por Alex Cassal, autor do espetáculo As Cidades Invisíveis, apresentado no FIT 2017.
O espetáculo estreou no Festival Cena Brasil Internacional (RJ), em junho de 2017. Depois, realizou temporada no Teatro Galpão Gamboa, no Rio de Janeiro. “Comecei a pensar no tema deste espetáculo em 2016. Eu estava vivendo em Portugal e tinha acabado de criar o espetáculo ‘As Cidades Invisíveis’, que misturava o universo do escritor Ítalo Calvino com a crise europeia de refugiados”, recorda o dramaturgo. O autor acrescenta que, ao mesmo tempo, a situação política no Brasil se tornava cada vez mais precária, o que culminaria no impeachment da presidenta Dilma, no golpe institucional e na vertiginosa desmontagem das conquistas sociais das últimas décadas.
“Os embates entre visões diferentes de mundo estavam cada vez mais inflamados, as reações mais violentas. Era como se todos estivessem com porretes nas mãos procurando alguém para bater, um antagonista qualquer que não merecia nem respeito, nem compaixão”, pontua Cassal, comparando o processo de escrita de Mortos-Vivos a “uma espécie de febre”. Além de assistir aos filmes de zumbis de George Romero e ler textos de Hannah Arendt, Peter Pál Pelbart, Judith Butler e Slavoj Žižek, a televisão alimentou sua paranoia na época – “com figuras sinistras como Temer e Trump, terroristas e fascistas, robôs assassinos e mutantes contagiosos”, relata o dramaturgo.

Outros espetáculos
A programação desta quarta do FIT Rio Preto conta também com o espetáculo Guanabara Canibal, de Aquela Companhia de Teatro (Rio de Janeiro/RJ), no Ginásio do Sesc, às 19h. A obra é a terceira parte da trilogia da companhia sobre a história da cidade do Rio de Janeiro, que teve início com as peças Cara de Cavalo e Caranguejo Overdrive, e ainda tem ingressos disponíveis.
Na categoria Para Todos os Públicos, o espetáculo Eufonia, da Cia. dos Pés, de Rio Preto, será apresentado às 15h, no Teatro do Sesc. A peça explora os movimentos do corpo para levar o público à uma viagem sobre a comunicação e a percepção do mundo. Os ingressos são gratuitos para crianças até 12 anos e a retirada deve ser feita antecipadamente na bilheteria do Sesc. Por isso, para os demais interessados, não há venda on-line, somente presencial.
E às 19h, no Zoológico Municipal, a também rio-pretense Cia. Ir e Vir apresenta Cérebro de Elefante. Com entrada gratuita, a peça é recomendada para maiores de 16 anos.
Em cena, marido, esposa e amante buscam de forma frenética a razão de suas existências. Eles embarcam em um jogo cíclico e sem fim, no qual talvez a morte signifique o recomeço.
E, nesta quarta, o Graneleiro, ponto de encontro do festival, abre às 22h. Os ingressos são gratuitos e distribuídos no local 1h antes.

FIT Rio Preto – Festival Internacional de Teatro de São José do Rio Preto
5 a 14 de julho de 2018. São José do Rio Preto – SP / Brasil
Saiba mais e compre ingressos: fitriopreto.com.br
Realização: Prefeitura Municipal de São José do Rio Preto e Sesc São Paulo

www.eloisamattos.com