SUCESSÃO FAMILIAR NAS EMPRESAS É TEMA DE ENCONTRO EM RIO PRETO

Especialistas em sucessão e governança para empresas familiares participam nesta sexta-feira e sábado, dias 13 e 14 de abril, de um treinamento com foco no tema “Dez passos para uma sucessão eficaz”. O evento, promovido pela Prossiga Governança Familiar, ocorre no Hyatt Place, entre 8h30 e 17 horas.

Com o objetivo de capacitar empresários para melhorarem a transição de gestão de seus negócios, o treinamento prevê a construção de um plano de ação para promover a perpetuação do negócio e dos relacionamentos familiares de maneira assertiva.

Entre os palestrantes está a CEO do Grupo Junqueira Rodas, Sarita Junqueira Rodas. Caçula de três irmãs, com apenas 25 anos, após a morte do pai, em 2008, Sarita assumiu a empresa da família e, em quatro anos, dobrou o faturamento anual da empresa.

“Para desenvolver uma boa sucessão, fui estudar. Fiz cursos dentro e fora do País e realizei uma imersão nos negócios da família. É extremamente importante esta capacitação. A boa gestão e o cuidado se convertem em lucro e produtividade”, afirma a CEO.

Devido à boa gestão, a empresária é a primeira e única mulher no Conselho do Fundecitrus (Fundo de Defesa da Citricultura Paulista) e também no Conselho de Administração da Montecitrus Traiding de Suco de Laranja, duas grandes organizações do segmento. Além disso, já ocupou o cargo de vice-presidente da ABCT (Associação Brasileira dos Criadores de Tabapuã) e é a gestora do berço da raça de gado genuinamente brasileira Tabapuã, desenvolvida na Fazenda Água Milagrosa, do Grupo Junqueira Rodas.

Mas nem todas as famílias conseguem fazer o planejamento em tempo. Após a morte do pai, no fim do ano passado, a empresária Ana Paulo Casseb se viu diante de um grande desafio: assumir o comando de um dos maiores centros de ensino superior de Rio Preto, a Unorp.

Fundada em 1972, a faculdade passou por vários desafios. Agora, pela primeira vez, vive um processo de governança. “A reestruturação administrativa está começando do zero. Estamos aplicando novas ideias a fim de atender a demanda educacional da macrorregião de Rio Preto. A Unorp manteve a tradição, mas agora precisamos seguir o caminho da evolução do ensino, aplicando novas metodologias com qualidade”, explica Ana Paula, que já promove mudanças significativas na instituição, como a implantação dos cursos à distância (EAD) e do programa de mestrado. “É um grande desafio assumir um negócio tão grande, repentinamente. Acredito muito na importância da sucessão dentro das empresas familiares, independentemente do segmento e porte”, diz.

Palestrantes

Além de Sarita, participam do encontro a psicóloga Thaisa Borin, coach de liderança e consultora em gestão de pessoas, com formação em programação neurolinguística e docente da pós-graduação em gestão de pessoas e do mestrado internacional do Inepad – Holanda; a advogada Camila Rodrigues Gomes, especialista em Direito Processual Civil pela Faculdade de Direito da USP, e o advogado, contabilista e administrador de empresas José Roberto Coleta, membro do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC) e MBA em gestão financeira e controladoria pela fundação Getúlio Vargas.

 

 

Riscos de não preparar a sucessão

Disputa familiar

Participação societária fracionada

Perda do poder decisório

Ruptura da empresa e da família

Perda de escala/competitividade

Desarmonia familiar

Prejuízos fiscais

Perda de patrimônio

 

Fonte: Prossiga

Dicas

Definir quando acontecerá a transição

Quem pode e quem não pode fazer parte da empresa

Definir limite para a admissão de membros da família na empresa

Definir remuneração para os membros da família

Regras para casos de divórcio ou falecimento

Responsabilidades em relação aos funcionários mais antigos

 

www.eloisamattos.com